Portal da Cidade Sinop

INVESTIMENTO

Grupo empresarial investirá R$ 120 milhões na construção de 672 apartamentos

Os investidores destacam o potencial de Sinop e o apoio da administração municipal

Postado em 12/12/2019 às 10:02 |

Com apoio da Prefeitura Municipal, o grupo 2MS, com sede na Bahia, investirá R$ 120 milhões na construção de 672 apartamentos em Sinop. A boa notícia foi comemorada pela prefeita Rosana Martinelli, que recebeu o diretor do grupo empresarial, José Bernardino Lima Neto, nesta quarta-feira (11). Além da injeção econômica na construção civil e no ramo imobiliário do município, o empreendimento deve gerar 350 empregos diretos.

As tratativas do grupo empresarial com a Prefeitura começaram há, pelo menos, oito meses e Sinop será a primeira cidade de Mato Grosso a receber os investimentos da corporação. “Esse investimento que essa construtora está fazendo no município contribui muito. Sinop é uma cidade diferenciada e esse tipo de empreendimento é dar oportunidade ao cidadão e pai de família para ter sua casa própria. É mais uma empresa que acredita em nosso povo e no nosso município”, comemorou a prefeita.

Segundo o diretor do grupo empresarial, o investimento será dividido em duas etapas, sendo a primeira com 336 apartamentos e outros 336 na segunda, as obras devem ser lançadas em fevereiro, no Residencial Florença. “Em dois anos são R$ 120 milhões investidos e 350 empregos direto em cada etapa, fora os indiretos. Só de alimentação a gente gera algo em torno de 60 a 80 mil reais de alimentação dentro da obras, só pra ter idéia de um tipo de obra desses”, explicou Neto.

O grupo possui sede no Estado da Bahia e investimentos no Ceará e Rio Grande do Sul, sendo que Sinop é o primeiro município com população abaixo de 250 mil habitantes a receber investimentos. Segundo o empresário, o apoio da administração municipal para a implantação do empreendimento no município foi fundamental.

“Geralmente, a gente entra pelas capitais, mas aqui a gente acredita que é diferente. A gente já tem o conhecimento da cidade e já anda por aqui e vem acompanhando a história de Sinop. Justamente essa aposta na cidade que a gente vai fazer, por acreditar realmente na economia na cultura da cidade, que é um polo de serviço. A informação de a Caixa ter uma superintendência, isso não vem à toa é pela questão da cidade, você vê o urbanismo da cidade, que é limpa e bem organizada, isso tudo pra gente é importante, porque valoriza o que a gente vai fazer e diminui meu risco. A gente não veio aqui pra fazer graça a gente está apostando no que acontece na cidade”, relatou Neto.

Conforme o projeto, em cada uma das duas etapas serão seis torres, com sete pavimentos e apartamentos de no mínimo 53 metros quadrados, com elevador, condomínio fechado com área de trabalho compartilhada, espaço multiuso para jovens, academia, salão de festas, lavanderia compartilhada, quadras, piscina com raia de 24m, com prainha. O preço inicial de cada apartamento será de cerca de R$ 160 mil a R$ 175 mil. O prazo de entrega é de até 36 meses, podendo ser de 24 meses, com grande facilidade de financiamento junto a Caixa Econômica Federal.

“A Caixa cabe emprestar dinheiro e quanto mais tivermos garantias que o empreendimento dará certo, menos riscos corremos e a Caixa acompanhará o andamento das obras e vai liberando os recursos de acordo com o cronograma”, explicou o superintendente estadual da Caixa, Moacyr do Espírito Santo, que participou da coletiva.

Também participaram reunião o vice-prefeito Gilson de Oliveira, o presidente da Câmara Remídio Kuntz (PL), que colocou o Legislativo à disposição para contribuir com a vinda do empreendimento, o vereador Toninho (PL) os secretários de Desenvolvimento Econômico Daniel Brolese, e de Governo e Projetos Estratégicos, José Pedro Serafini, e representantes da Caixa.

Fonte:

Deixe seu comentário