Portal da Cidade Sinop

CARO

Cesta básica sobe e índice de confiança entre empresários também aumenta

Este mês, foram destaques os aumentos nos preços médios do feijão (27,72%), do tomate (16,6%) e da banana (18,5%).

Postado em 22/03/2019 às 13:47 |

O custo da Cesta Básica em Sinop apresentou um leve aumento. A cesta básica passou a custar R$ 426,67 no mercado local, o que representa um aumento de 1,79% em relação ao mês anterior.  Este mês, foram destaques os aumentos nos preços médios do feijão (27,72%), do tomate (16,6%) e da banana (18,5%). Segundo dados do DIEESE, o custo da cesta básica apresentou uma variação positiva na maioria das regiões pesquisadas. Nas seguintes regiões metropolitanas, ocorreram aumentos nos valores das cestas básicas: Campo Grande (5,7%), Brasília (0,10%), Goiânia (4,56%) e São Paulo (3,11%). Segundo o IMEA, em Cuiabá, a cesta básica apresentou uma leve redução de 2,62% em fevereiro e passou a custar R$ 453,25.

Empresários e consumidores mais otimistas

A pesquisa dos indicadores econômicos de Sinop realizada pelo CISE - CENTRO DE INFORMAÇÕES SOCIOECONÔMICAS da UNEMAT, com o apoio da CDL, apontou que no mês de março, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) apresentou um aumento de 4,92% em relação ao mês de fevereiro. Esse resultado indica uma melhora na percepção do ambiente econômico com as primeiras medidas anunciadas pelo governo federal. Quando comparado ao mesmo período do ano anterior o resultado também apresenta uma melhora (5,79%). A avaliação da situação atual (IAE) apresentou uma melhora no indicador geral (4,92%). O destaque no levantamento foi o aumento no indicador de confiança empresarial (10,0%). O indicador de avaliação da expectativa futura (IEE) apresentou uma melhora no mês (5,84%). A recuperação do IEE pode significar o reflexo dos novos investimentos empresariais que estão chegando na região.

CONSUMIDOR: CONFIANÇA- ICC E CONSUMO- IIC

Em março, o ICC apresentou um leve aumento. O indicador mensal passou de 97,84 para 101,37 indicando uma melhora na confiança de 3,61% em relação ao mês anterior. Considerando os indicadores que compõe o ICC, pode-se notar que a maioria dos indicadores apresentou estabilidade. O indicador de renda pessoal apresentou uma melhora em relação ao mês anterior. Já o IIC apresentou uma queda de -6,8%, em relação ao mês anterior passando de 83,52 pontos para 77,81. Dos indicadores que compõem o IIC, o indicador de consumo de móveis e bens de capital apresentou o melhor resultado entre os segmentos acompanhados.

TERMÔMETROS SOCIAIS

O Índice de Medo do Desemprego (IMD Sinop), que mede a sensação da população em relação ao risco de ficar desempregado no futuro próximo, teve uma leve redução passando de 117,6 pontos para 115,1, um queda de -2,0%. E o Índice de Satisfação com a Vida (ISV Sinop), que avalia o nível de felicidade da população em relação à atual situação e às perspectivas futuras, também apresentou uma piora passando de 122,6 para 115,1.  A queda no índice foi de -6,1% em relação ao último mês.

Fonte:

Deixe seu comentário