Portal da Cidade Sinop

ENCONTRO

Sindusmad promove o 1º Encontro dos Madeireiros em Itaúba

O Cipem, que é a união de oito sindicatos patronais de Base Florestal do Estado de Mato Grosso, esteve presente

Postado em 13/11/2019 às 09:31 |

O Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado de Mato Grosso (Sindusmad) promoveu na última sexta-feira (08), o I Encontro de Madeireiros de Itaúba com o objetivo de reunir, integrar e fortalecer o setor de base florestal do município. O evento contou com a participação do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), que trouxe informações técnicas e jurídicas, além de esclarecer as dúvidas dos participantes. Os novos associados do Sindusmad receberam um kit de boas-vindas.

Para o presidente do Sindusmad Wilson José Volkweis, uma das metas de sua gestão é levar de forma descentralizada a atuação do sindicato. “Esse é um trabalho que a gente quer fazer. O nosso objetivo é realizar estes encontros com madeireiros pelo menos quatro vezes ao ano. Isso é uma integração de informações e amizade. Vai fomentar bastante o nosso trabalho, vamos trazer mais para perto, ser mais participativo e atrair novos sócios”, enfatizou.

O deputado estadual Dilmar Dal’ Bosco participou da reunião e confirmou que a Assembleia Legislativa reconhece a importância do setor para a economia e o desenvolvimento do Estado do Mato Grosso e por isso tem trabalhado para desburocratizar em termos de leis. “Nós temos que retribuir com o setor tirando a burocracia que tem dentro de leis ambientais e tributárias. Antes, cada um trabalhava de forma individualizada e hoje dentro do sindicato e da federação traz um compromisso em conjunto. A Assembleia vê isso com bons olhos, porque a demanda não é só de um, é de um conjunto de um setor segmentado. Por isso, muitas leis estão sendo alteradas porque acreditamos no setor. O setor de base florestal tem praticamente 100 mil colaboradores agregados, além de contribuir com mais de R$ 100 milhões de ICMS, contribuir com mais de R$ 50 milhões de FETHAB do estado do Mato Grosso. Nós temos que dar uma atenção devida por isso a Assembleia está atenta a modificações, alterações e simplificações de alguns procedimentos para ajudar um setor tão importante como o setor de base florestal”, garantiu.

O Cipem, que é a união de oito sindicatos patronais de Base Florestal do Estado de Mato Grosso, esteve presente a fim de esclarecer dúvidas técnicas e jurídicas e trazer novas informações aos participantes a respeito da legislação. Um dos assuntos abordados foi a nova plataforma de monitoramento da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), que já está em funcionamento e que vai atuar em tempo real no controle e combate ao desmatamento ilegal.

Para o diretor executivo do Cipem Valdinei Bento dos Santos, que a parceria entre Sindusmad e Cipem é fundamental para a defesa do setor. “Eu tenho minha origem em uma indústria madeireira e conheço as dificuldades de produção, de manejo, de floresta. E hoje, sobretudo com essa questão ambiental complexa e com a mídia destorcendo os fatos, é quase impossível trabalhar sem esse guarda-chuva, sem proteção. E o Cipem ao proporcionar isso aos associados do Sindusmad, traz um conforto, uma segurança de estarmos no caminho certo, na defesa dos interesses do coletivo”, destacou.

O Prefeito de Itaúba Valcir Donato, disse que a economia do município vai melhor à medida que o setor madeireiro se fortaleça junto ao Sindusmad. “O setor de base florestal é um dos carros-chefes da economia do nosso município. O fortalecimento do Sindusmad em Itaúba vai contribuir com os madeireiros que fazem parte do sindicato para que se organizem melhor, se desenvolvam ainda mais, gerando mais empregos e renda, e melhorando de maneira geral a economia local e a qualidade de vida da população”, explicou.

De acordo com o prefeito de Cláudia, Altamir Kurten, os encontros promovidos em outros municípios, são positivos para consolidar as ações do Sindusmad junto ao setor madeireiro. “Eu avalio positivamente estes encontros porque dá oportunidade para os madeireiros que estão no interior participar de palestras, através dos técnicos e do jurídico do setor de base florestal, a fim de esclarecer as mudanças nas legislações e das conquistas pelo trabalho do sindicato e do Cipem, junto aos políticos, conselhos e secretarias. São informações importantes para que o setor possa trabalhar e acompanhar a legislação atual e também se conscientizar de que essa organização com o maior número de associados fortalece ainda mais as ações do sindicato. Vale lembrar que o sindicato já nos trouxe muitos benefícios e conquistas e por isso, precisa continuar. Se fortalecer ainda mais para que defenda com mais força os interesses do setor de base florestal, junto aos órgãos públicos para que nossas atividades continuem sendo viáveis”, ressaltou.

O empresário madeireiro Alexandre Granoski, primeiro associado do Sindusmad do município de Itaúba, reforçou a importância de ser filiado. “Eu acho muito importante o sindicato, ele traz a confiabilidade ao nosso setor. Tiramos nossas dúvidas e fazemos nossas reclamações. Ele é o fortalecimento do nosso setor. Se hoje temos cinco, amanhã podemos ter dez ou até ter todos porque eles vão passar a entender a importância do sindicato no nosso município”, garantiu.

Fonte:

Deixe seu comentário